Municípios devem cadastrar informações na Plataforma de Monitoramento da Implementação da BNCC até 31 de março

18 fev por Undime MG

Municípios devem cadastrar informações na Plataforma de Monitoramento da Implementação da BNCC até 31 de março

ouvir

Plataforma servirá como base de dados oficial do MEC, para o levantamento de informações referentes ao Fundeb, dentre outros, o que trata da melhoria da aprendizagem, o Valor Aluno/Ano por Resultado (VAAR)

Dirigentes Municipais de Educação precisam estar atentos ao prazo para inserção das informações na plataforma de monitoramento da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O cadastro das informações deve ser realizado até o dia 31 de março de 2022.

De acordo com informações do MEC, até a última atualização, apenas 60 municípios haviam realizado o cadastro das informações. O número representa pouco mais de 1% do total de municípios do país.

“Esse preenchimento é essencial e todos os gestores precisam fazê-lo. Essa Plataforma de Monitoramento vai funcionar como ferramenta de consulta e, segundo o MEC, servirá como base de dados oficial da pasta para o levantamento de informações referentes a uma das complementações do Fundeb”, enfatiza o presidente da Undime e Dirigente Municipal de Educação de Sud Mennucci/SP, Luiz Miguel Martins Garcia.

Na plataforma estão disponíveis duas novas funcionalidades: o Cadastro dos currículos estaduais e municipais (re)elaborados alinhados à BNCC e o Cadastro das boas práticas utilizadas na implementação e os questionários.

O MEC alerta para o fato de que a Plataforma de Monitoramento da Implementação da BNCC funcionará como ferramenta de consulta e repositório desses documentos, que servirá como base de dados oficial, para o levantamento de informações referentes ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), dentre outros, o que trata da melhoria da aprendizagem, o Valor Aluno/Ano por Resultado (VAAR).

Entenda quais são as complementações do FUNDEB assistindo ao vídeo abaixo:

Como cadastrar as informações?

O primeiro passo é o preenchimento do Formulário de Cadastro, disponível na página https://plataformabncc.caeddigital.net/#!/cadastro-inscricao, selecionando a indicação no Cadastro do perfil, como Coordenador Estadual ou Coordenador Municipal, com opção de indicação adicional de Coordenador Auxiliar.

Após o cadastro, o segundo passo é a realização da inclusão dos documentos clicando nos cards Currículos e documentos (Rede municipal) ou Currículos e documentos (Rede estadual). Para o cadastro do currículo, é preciso preencher a ficha Upload de currículo, disponível na própria Plataforma, para anexar o documento.

O terceiro, e último, passo é o Cadastro das Boas práticas e seus Questionários (Rede estadual ou Rede municipal). Há um tutorial de 4 passos na Plataforma, orientando a sua inclusão: 1º Passo – Dimensão; 2º Passo – Caracterização; 3º Passo – Nível de Gestão; e 4º Passo – Importância.

Dúvidas ou informações sobre o acesso à plataforma e cadastro de usuário ou documentos, podem ser comunicadas por meio do endereço eletrônico suporte.bncc@caed.ufjf.br ou pelo chat disponível no link https://plataformabncc.caeddigital.net/#!/contato 

Sobre a plataforma

A Plataforma do Monitoramento de Implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) está aberta a todas as redes de ensino do país e otimiza a troca de experiências, os exemplos de boas práticas, a discussão sobre os processos de implementação da BNCC e o acesso aos referenciais curriculares estaduais e municipais elaborados pelas redes de educação, além de ser uma importante ferramenta de transparência para a sociedade.

A iniciativa é da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC) em parceria com o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF) e foi lançada em dezembro de 2021.

Clique aqui e acesse a plataforma de monitoramento.

Fonte: Undime com informações do MEC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

YouTube
Instagram
WhatsApp