Inep apresenta cronograma de trabalho ao CNE

25 fev por Undime MG

Inep apresenta cronograma de trabalho ao CNE

ouvir

Presidente do instituto, Alexandre Lopes, detalhou agenda da autarquia para 2021 em reunião do Conselho Nacional de Educação, nesta terça-feira (23)

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, apresentou ao Conselho Nacional de Educação (CNE), nesta terça-feira, 23 de fevereiro, o cronograma de trabalho da autarquia para 2021. A explanação foi feita durante reunião extraordinária pública do Conselho Pleno do CNE, a convite da presidente do órgão, Maria Helena Guimarães de Castro. O encontro ocorreu virtualmente. 

Alexandre Lopes destacou que entre as agendas previstas para o decorrer do ano está a apresentação, na próxima quinta-feira, 25 de fevereiro, de uma proposta de atualização da lei do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). O objetivo é iniciar um debate em torno do tema, com a finalidade de chegar, posteriormente, a uma minuta de projeto de lei que reúna os consensos em relação a possíveis avanços na legislação. 

No mês de março, o Inep deve formalizar adesão ao Estudo Tendências em Matemática e Ciências (TIMSS) junto à Associação Internacional para a Avaliação do Desempenho Educacional (IEA). Ainda no âmbito das avaliações de parâmetro internacional, o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) está prestes a ser ampliado, após os estados brasileiros sinalizarem interesse em ter o resultado da avaliação. Após uma consulta formal ao Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), 20 unidades da Federação confirmaram o interesse. Entre outras atividades previstas também está a aplicação do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2020, que deverá ser adiada para junho, em razão dos efeitos da pandemia da COVID-19.

Saeb e Ideb – As aplicações do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) devem ocorrer em outubro. Antes, em março, o Inep apresentará uma prévia das matrizes de prova do Novo Saeb, que será uma avaliação de língua portuguesa e matemática. A proposta será encaminhada aos órgãos competentes da Educação, com o objetivo de aprimorar conjuntamente a versão apresentada. A aplicação do Novo Saeb deve ocorrer entre novembro e dezembro. Além disso, o Inep desenvolve, por meio de um grupo de trabalho, estudo relacionado à reformulação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb): o Novo Ideb.

Enem – O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 deverá ocorrer entre novembro e dezembro. No mesmo período, também está prevista a aplicação do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) dos ciclos referentes a 2020 e 2021. 

Durante a reunião, Alexandre Lopes destacou o marco da estreia do Enem Digital, realizado na edição de 2020. De acordo com ele, a aplicação abre caminhos para a implementação do formato em outros exames e avaliações. “Consideramos uma vitória conseguir fazer o Enem Digital, principalmente nas circunstâncias que fizemos, com o impacto da pandemia de COVID-19. O Inep agora está preparado para aplicar qualquer tipo de avaliação e exame de forma digital. Podemos avançar para buscar essa digitalização”, disse. “É o caminho para evoluir no que diz respeito à forma de avaliar. Mais do que o aspecto da redução de custos, a principal vantagem é poder fazer uma avaliação mais completa”, concluiu o presidente.

Desafios – Os conselheiros do CNE destacaram a proximidade entre as entidades, em prol de avanços na educação brasileira. “Esse trabalho próximo do Inep junto ao CNE é muito importante e necessário”, disse Maria Helena Guimarães. A presidente do CNE comentou, ainda, a condução feita pelo Inep das avaliações e dos exames, diante da crise causada pela pandemia. “É uma situação completamente anormal, que vem sendo enfrentada com muita energia e serenidade”, avaliou.

O conselheiro Mozart Ramos chamou a atenção, em especial, para a edição de 2020 do Enem. “Fazer uma prova do Enem, em plena pandemia, deve ser um grande desafio. A semana que antecedeu o início das aplicações foi nacionalmente muito difícil. Fiquei impressionado com a liderança para articular todo o processo da aplicação do exame. Precisamos reconhecer. Não podemos entender que foi, simplesmente, um esforço. Foi de uma grande complexidade”, parabenizou. De acordo com o conselheiro Luiz Roberto Curi, as ações frente às adversidades têm sido “demonstrações de superação e solidariedade para com a sociedade brasileira. A avaliação não existe para as instituições, e sim para a sociedade”, pontuou.

Fonte: Ministério da Educação com informações do Inep 

Foto:  Gabriel Jabur / Agência O Globo

https://www.gov.br/mec/pt-br/assuntos/noticias/inep-apresenta-cronograma-de-trabalho-ao-cne

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *